Dia da Mulher?

08 março 2014


[ mulher de fases ]

Devo dizer-lhes que só fui lembrar desse fato dia 6!! porquê? porque eu realmente não lembro de ser tão respeitada assim no dia-a-dia. Diz a lenda que tudo começou com manifestações porque as mulheres queriam melhores condições de vida etc etc... Talvez seja por isso que eu mesma desvalorize tanto a data. Não precisamos de flores e chocolate (mas se quiser me dar, tô aceitando), precisamos de respeito!
Ontem, por exemplo... precisava sair para resolver alguns assuntos e o dia estava tão maravilhosamente lindo que resolvi descer a rua a pé, quem disse que foi algo bom? não pelo fato de ir a pé, mas pelas buzinas, pelo "Ô Delícia!". Eu gosto de estar sozinha, mas odeio andar desacompanhada na rua por tal fato.
Aos 16 anos (tenho 21) fui no centro acompanhar minha mãe (que também morre de medo desses assédios) e adivinha? pouco antes de atravessar a rua um cara achou que seria muito oportuno passar a mão em mim, afinal, ia atravessar, o que ele tinha a perder? foi e fez! revoltada, na mesma hora voltei com um soco na mão do infeliz. Minha mãe voltou os olhos para mim (eu estava mais atrás) e dei-lhe de volta um sorriso como se nada tivesse acontecido... Pense só cara, eu podia ser sua filha...É, aquela que você passou a mão! Fazer isso é desrespeitar a própria vida, a avó, a própria mãe que te gerou, sua esposa e seu futuro (uma filha)!  Naquele dia aprendi a importância de andar sempre acompanhada e ao lado da pessoa (principalmente mulheres), nem mais a frente e nem atrás, mas ao lado.
A questão é, eu não posso sair de casa arrumada quanto gostaria, chique, um mulherão! não posso chamar atenção, não posso usar o que quiser (sempre troco de roupa com medo) e nem andar na minha própria companhia.
Acredito fortemente que mulheres são no geral, maravilhosas e incríveis (Lady Di mandou um beijo)...mas de fato, talvez precisemos mesmo de um dia só para nós, vai que cola e realmente começam a valorizar e respeitar mais a mulher! e ah... Deus ta vendo você aí desejando parabéns para as mulheres nas redes sociais mas as atormentando e desrespeitando no dia-a-dia, viu!?

[Sunny sendo Sunny]

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo com intuito de reunir blogueiros "de raiz", que escreviam por diversão e amor aos diários virtuais.♡

8 comentários:

  1. Amei o texto! Melhor parte: "e ah... Deus ta vendo você aí desejando parabéns para as mulheres nas redes sociais mas as atormentando e desrespeitando no dia-a-dia, viu!?" Tenho essa mesma visão que você, eles poderiam pensar que estão desrespeitando a filha, a mãe, a avó, afim... Uma vez li um texto sobre isso que você falou, e super concordo, eu odeio sair só, sempre chamo alguém pra ir comigo nem que seja uma quadra depois da minha casa, não gosto de passar em ruas que esta cheia de garotos reunidos, é tão absurdo você não ter liberdade de andar por onde quer e sentir medo de andar só nem seja somente alguns metros. Hipócritas aqueles fazem as suas homenagens nas redes sócias e nas ruas desrespeitam as mulheres.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nossa, passar sozinha em uma rua que está com um grupo de amigos é pedir pra pegar outro caminho! :(
      chega a ser irônico gente que desrespeita as mulheres diariamente ficar postando homenagens, realmente...

      Excluir
  2. Lindo texto, Sunny. Achei sua perspectiva muito bacana e correta. Também não gosto de sair sozinha justamente por isso, me sinto desconfortável, ainda mais quando tenho que passar por um grupo de meninos. As pessoas precisam ter mais respeito, se todos tivessem respeito ah, o quão maravilhoso seria o mundo. Amei o texto e suas fotos estão lindas, parabéns meu docinho ♥
    -Panda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o mundo seria ótimo, é bem desconfortável sair olhando pro outro lado e tals e meio se escondendo :/

      Excluir
  3. eu só uso roupa larga por complexos de mexerem comigo, morro de medo! achei essa proposta do roots linda, pois esse mesmo cara que dá parabéns é um filho da puta que xaveca uma mennina novinha na rua e acha que dar uma cantadinha não é nada... adorei seu post! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. faço isso sempre, e eu acho tão lindo saias, shorts e vestidos e até regatas e não poder usá-las!?
      sim, espero que muitos dos posts cheguem a essas esses caras, vai que cola e a carapuça serve!?!!!

      Excluir
  4. Eu evito entrar em rede sociais nesse dia.
    Lendo seu comentário me lembrei pq virei uma pessoa que tinha mais amigo homem, para uma pessoa que tem mais amiga mulher. Infelizmente é algo muito comum no Brasil, homens que oferecem álcool para mulher, para ela ser mais "fácil", ou que passam a mão ou dão cantadas ofensivas só pq estão bêbados ou as mulheres estão bêbadas.
    Nunca aconteceu de passarem a mão em mim, mas já recebi cantada quando eu era mais nova, 15 anos, receber cantadas de homens mais velhos quando se tem cara de adolescente, ninguém achava que eu parecia ter 15 anos, no máximo 13 anos e era por causa da minha altura, me faz pensar que esses caras são pedófilos, não é normal um cara de 30 anos dar uma cantada ou passar a mão em adolescente.
    Amei o seu post, infelizmente é uma realidade no Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sempre tive mais amigos homens que mulheres também, mas eu estava na rua com a minha mãe, mesmo se tivesse amigOs' não iria ajudar muito naquele momento... a pergunta que não cala é: o que leva alguém a chegar a tanto? com uma criança? porque veja bem, nem muito "desenvolvida" eu sou pra mostrar-se tão adulta então né... é cara de pau demais!

      Excluir