Faubourg Saint-Denis

18 janeiro 2014

"...Eu lhe mostrei o nosso bairro, meus bares, minha escola. Eu a apresentei aos meus amigos e aos meus pais. Ouvia os seus textos. As suas músicas e esperanças. Os seus desejos, a sua música. Você ouvia a minha. Ouvia o meu italiano, o meu alemão. O meu pouco de russo. Eu lhe dei um walkman. Você me deu um travesseiro. E um dia, você me beijou. O tempo passou, o tempo voou. E tudo parecia tão fácil. Tão simples, tão livre. Tão novo e especial."
 
Paris, Je t'aime

Nenhum comentário:

Postar um comentário